BLOG

HOME > BLOG >Liderança: o diferencial de sucesso para o profissional de saúde

Liderança: o diferencial de sucesso para o profissional de saúde

19

jan - 2017

Categoria:

por Camila Alves

As instituições de saúde oferecem serviços que são consumidos no ato de sua produção, ou seja, no momento da assistência, seja ela individual ou coletiva. Essas instituições possuem características particulares e uma maior complexidade, pois lidam como usuário com o objeto humano dentro do processo de saúde-doença.

Os serviços prestados caracterizam-se por atividades distintas prestadas por agentes de uma equipe multiprofissional (enfermeiros, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, dentre outros), podendo ser executadas de forma fragmentada ou de forma articulada, favorecendo uma assistência integral e de qualidade.

Os líderes dessas instituições são confrontados com exigências cada vez maiores nos mais diversos níveis, tais como a prestação de uma assistência de qualidade, a gestão direta de sua equipe, o desafio de motivar e reverter insatisfações dos profissionais em cenários onde há poucos recursos, a promoção de um relacionamento saudável e colaborativo entre as equipes multiprofissionais, gerar resultados a curto, médico e longo prazo, conhecer e atender as expectativas do cliente, família e sociedade.
Devido a grande exigência de conhecimento técnico na prestação da assistência ao cliente, grande parte dos profissionais da área sentem-se mais à vontade e dedicam-se mais as tarefas técnicas do que com as atividades que envolvem a gestão de pessoas. Como consequência desta situação temos gestores exercendo sua liderança mais como chefes que como líderes, com grande competência técnica, porém com uma deficiência de gestão refletida na equipe.

Atualmente é reconhecido que a chave do sucesso e competência das empresas está no comportamento humano. Empresas que sabem lidar bem com pessoas e equipes conseguem atingir excelentes resultados, associados a um ambiente de trabalho saudável, onde os colaboradores gostam de trabalhar e desempenham suas atividades com motivação, trabalho em equipe, flexibilidade e inovação. Dentro deste contexto pode-se concluir que tratar bem as pessoas é um inteligente negócio.

Pode ser que você tenha identificado situações semelhantes na realidade de sua empresa e caso tenha, está na hora de agir, impedindo assim um desgaste irreversível do capital humano. Melhorar as habilidades de liderança, equipe e comunicação é o caminho mais curto e sólido para o desenvolvimento da empresa e de seus colaboradores.

Deixei sua dúvida ou comentário abaixo! Iremos responder com muito prazer.

botao_editavel

RECEBA CONTEÚDOS
EXCLUSIVOS

SIGA-NOS:

INEMP 2018 - Todos os direitos Reservados