BLOG

HOME > BLOG

-

Um dos principais desafios que temos é sabermos gerenciar nossa mente. Para que isso aconteça, devemos saber a diferença entre expectativas e metas. Muitas pessoas tem expectativas para 2018, mas, não metas. Uma meta é uma " expectativa com pernas", ou seja, deve ser possível ser alcançada e ser específica. Um dos primeiros passos para gerenciar melhor seu tempo é definir suas metas para 2018 e estabelecer uma linha do tempo para estas metas, ou seja, quais são as metas para janeiro,fevereiro, março..... até o final do ano. Dica 1: Toda meta deve responder as seguintes perguntas: É possível no período de tempo determinado? É relevante para você? É específica? ( O que e como fazer? ) É mensurável? ( Quanto) Tem ação imediata? ( Qual o primeiro passo?). Dica 2: O estado desejado desta meta deve ser algo grandioso. Imagine como se tivesse atingido esta meta. Quem estará com você? Quais imagens, sons e sensações você percebe neste exercício mental? Dica 3: Aproveite cada momento do seu tempo. Se por exemplo, ocorrer um atraso na reunião com sua equipe, limpe sua caixa de emails ou coloque em dia alguma leitura que você precise fazer. Maximize a utilização do seu tempo. Dica 4: Tudo na vida tem início, meio e fim. Existe algo na sua vida que você precisa " matar" antes que a vida determine o fim? Muitas pessoas perdem tempo com situações que não valem mais a pena, Fica a dica Dica 5: Tentar fazer tudo e ser tudo vai te exaurir! Faça bloqueios de tempo para seu descanso.. Muitas vezes bloquear 10 minutos do seu tempo pode te dar mais impulso e até idéias novas. Dica 6: Existe alguma coisa que você está fazendo que outra pessoa poderia fazer para te liberar tempo? Delegue sempre que possível. Dica 7: A preocupação é um desperdício de tempo. Viva o momento presente. Quando estiver cansado, feche os olhos. Quanto tiver fome, coma pão. A questão é: Com o que você se ocupa ao invés de preocupar-se? Dica 8: Desista de reclamar das coisas e das pessoas. Gaste seu tempo produzindo coisas novas. Use lista de prioridades, organize sua mesa de trabalho e faça coisas pela sua ordem de importância. Dica 9: Tome nota por escrito e responda as seguintes perguntas: Qual o problema? Quais são as causas do problema? Quais são as possíveis soluções? Qual a melhor solução? Dica 10: Tenha uma conversa de cada vez. O nosso trabalho, nossos relacionamentos e nossa vida são bem sucedidos ou fracassam dependendo das nossas conversas. Pense sempre no seguinte: " Como passamos nossos dias é como passamos as nossas vidas "

-

Como me preparar para o atual mercado de trabalho sem ser somente mais um? Essa é uma das principais perguntas dos profissionais que desejam avançar em suas carreiras, alcançando melhor remuneração, qualidade de vida e oportunidades de aprendizado contínuo. A reposta para conquistar tudo isso? Você precisar se diferenciar, precisa encontrar meios de se destacar. Com o mercado altamente competitivo, esperam-se cada dia mais mudanças de emprego ao longo de uma carreira. E a melhor forma de lidar com a imprevisibilidade no futuro é investir no conhecimento e mostrar competência. Para entender melhor os conceitos de qualificação e competência, vamos recorrer á história. É no período pós-guerra, na França, que surge o conceito de qualificação: a cada posto de trabalho correspondia um nível escolar; uma vez adquiridos os conhecimento profissionais o trabalhador poderia ali permanecer sem que lhe exigissem novas aprendizagens. Havia, assim, uma estável correspondência entre "nível de formação" e "nível de qualificação", que garantia uma carreira sólida e previsível. Mas e atualmente? O diploma é suficiente para garantia de emprego? Já sabemos que não. O que se verifica é que o mercado quer mais do que qualificação. Podemos dizer que, hoje, a competência de um profissional será determinada pela sua capacidade de alinhar conhecimento, habilidade e atitude. Ou seja, sua capacidade de aplicar o aprendizado de forma produtiva, sua habilidade interpessoal para trabalhar em equipe, se comunicar e influenciar pessoas e sua atitude de comprometimento e responsabilidade. Por isso, a maioria dos executivos continua investindo em estudos mesmo quando chega a posições privilegiadas na carreira. Eles compreendem que a atualização constante os coloca em destaque. Sucesso é competência aliada à consistência, por isso, todo profissional tem a obrigação de melhorar, sempre. Se você está em busca de uma oportunidade, ficar imaginando como seria bom ver seu sonho realizado não vai torná-lo realidade. Quem se limita ao dia-a-dia de trabalho dificilmente consegue se manter antenado às tendências de sua área. Essas pessoas acabam ficando muito funcionais, focadas apenas na execução.

"Não é somente a empresa que escolha você, mas você também pode escolher onde e como quer trabalhar. Por isso, você terá que dizer não para algumas possibilidades."

Para se diferenciar no mercado, trace planos de curto, médio e longo prazos, pense onde você quer estar daqui a dois, cinco, 10 anos e conduza sua vida profissional, pois, se você não souber aonde quer chegar, vai acabar encontrando pessoas que vão usá-lo para atingir os objetivos delas. Lembre-se de que a velocidades só faz sentido se você estiver na direção certa.

Seus planos devem ser claros, pois existem dois tipos de pessoas: as que sofrem por incompetência e as que sofrem por competência. As primeiras devem buscar desenvolver suas competências para permanecer no mercado. E as que sofrem por competência? Estas têm que saber dizer não. Não é somente a empresa que escolher você, mas você também pode escolher onde e como quer trabalhar. Por isso, você terá que dizer não para algumas possibilidades.

De maneira geral, o que fazer então para ser um profissional de destaque no mundo atual?

Desenvolver sua capacidade para aprender - o trabalhador do conhecimento terá ao longo da vida que gerir a si próprio e enfrentar várias mudanças ao longo  da carreira.

Desenvolver e atualizar suas competências - não basta tê-las, é preciso que elas já sejam percebidas;

  • Ampliar seus conhecimentos - não apenas os técnicos;
  • Expandir sua rede de relacionamentos - dentro e fora da empresa.
   

-

Atualmente as empresas têm assumido que a chave para o sucesso esta relacionada ao comportamento humano. Recursos materiais, tecnologias e informações podem ser adquiridos de forma mais rápida, entretanto uma equipe com sintonia, competente e motivada leva tempo para ser desenvolvida. Dentro deste contexto o líder é o responsável por desenvolver, gerenciar e motivar a equipe, entretanto percebem-se que em muitas empresas as pessoas exercem sua liderança mais como chefes que como líderes, com grande conhecimento e domínio técnico e com pouco embasamento pra lidar com as relações interpessoais. Abaixo descreveremos 10 dicas que irão lhe ajudar a desempenhar com excelência seu papel de liderança. 1 - Foco em resultado Diante de problemas é comum ao comportamento humano direcionar a maior parte de sua energia na busca do que ou quem os ocasionou, esquecendo-se dos resultados. Um líder precisa focar continuamente na busca de soluções para os problemas, assumir que ninguém é infalível e compartilhar os equívocos com a equipe para que não se repitam. 2 - Comunicação aberta A carência de comunicação é quase endêmica nas empresas. Grande parte das equipes possuem problemas que poderiam ser evitados ou sanados através de uma comunicação assertiva. O medo de se expressar, o temor de ser repreendido ao falar “a verdade” e a incapacidade de ouvir, faz com que o líder não seja compreendido, distanciando-o das pessoas. Uma comunicação transparente, respeitosa e uma relação que encoraje as pessoas a expressar seus pontos de vista, aproxima a equipe, cria um ambiente de confiança e garante que as atividades sejam realizadas da forma como foram planejadas. 3 - Saber delegar e acompanhar Um erro no processo de liderança é a centralização. Delegar é um processo fundamental para garantir um trabalho de qualidade. Entretanto, alguns líderes esquecem a importância de acompanhar todas as demandas que foram repassadas. Garantir que a atividade delegada tenha sido compreendida em sua íntegra pelo indivíduo, acompanhar se o processo de execução está sendo realizado dentro dos prazos estabelecidos, colocar-se disponível em casos de dúvidas e oferecer ajuda é papel fundamental do gestor. 4 - Criar um clima de confiança e respeito mútuo Pode ser que em algum momento você já tenha vivenciado um clima desagradável e “pesado” entre os membros da equipe. Algumas situações como fofocas, falta de respeito, agressividade ao falar, imposição contribuem para um ambiente onde os profissionais que ali trabalham sintam-se estressados e desmotivados. Um ambiente agradável em que todos compartilham sua opinião e são respeitados em suas individualidades promove motivação nos membros faz com que sintam-se felizes. A cordialidade e ajuda mútua entre as pessoas também é fundamental para um clima harmonioso. 5 – Liderança compartilhada Aceitar que seu ponto de vista não é o único e nem o melhor que existe no mundo é uma atitude de humildade. Um bom líder precisa reconhecer que compartilhar problemas e ideais é fundamental para o crescimento da equipe e para obter resultados de qualidade. A liderança compartilhada contribui, também, para as estratégias de inovação e para a manutenção de um ambiente agradável. 6 – Saber colocar as pessoas certas no lugar certo Resultados são comprometidos por terem pessoas realizando atividades que não estão adequadas a elas. O líder precisa desenvolver a habilidade de observar seus liderados, para assim conseguir identificar potenciais e oportunidades. Ao conhecer as competências de cada pessoa o gestor poderá direcionar as atividades de forma que sejam realizadas com qualidade e motivação. 7 – Ser inspirador para as pessoas e saber reconhecer As pessoas gostam de ser reconhecidas por aquilo que fazem. Saber reconhecer os membros da equipe de forma coletiva e individual é fundamental para garantir a motivação. O líder deve ter em mente que dividir é ganhar, compartilhando com a equipe o mérito pelas conquistas alcançadas. Atitudes como ser exemplo e dedicação para com o trabalho inspiram os liderados. 8 - Saber dar feedbacks positivos e construtivos O feedback é encarado por muitos como um momento desagradável tanto para o gestor quanto para o funcionário. Ao aplicar um feedback o líder precisa estimular a correção de um comportamento ou ressaltar uma boa prática/atitude. É importante refletir sobre o que deve ser dito e a hora certa, dar exemplos objetivos, claros e compreensíveis. Um feedback assertivo é aquele que concentra-se em comportamentos específicos, que podem ser analisados e mensurados. 9 – Ter na equipe procedimentos e processos definidos Procedimentos padronizam, organizam e facilitam as atividades, entretanto todos os membros da equipe precisam ter conhecimento sobre cada processo, prazos e em caso de dúvidas onde e quem consultar. 10 – Estabelecer relacionamento multidisciplinar Quando falta conexão e uma visão convergente entre as diversas áreas da empresa, surgem as dificuldades de se trabalhar em equipe, pois o que prevalece é aquela expressão “cada macaco no seu galho”. O cliente é o primeiro a ser prejudicado por esse modelo “feudal”, por ser mal atendido. Como consequência desse mal atendimento o cliente não retorna e a empresa começa a perder seu lugar no mercado. Quer saber mais sobre este conteúdo, conheça nossos cursos! Fiquem a vontade para deixar seus comentários ou dúvidas.

-

O mercado de trabalho pode ser comparado a uma selva, no qual as pessoas precisam se sobressair. As carreiras sólidas são conquistadas através de muito esforço, ousadia e determinação. Para obter uma carreira bem sucedida é necessário ser um profissional diferenciado, possuir metas e objetivos bem definidos, além de conhecimentos sólidos, diversas qualidades, habilidades e competências. Relacionamos abaixo 05 dicas que contribuirão para seu crescimento profissional. 1- Tenha atitude Todo profissional que deseja construir uma carreira de sucesso precisa acima de tudo querer. O profissional que se destaca no mercado do trabalho é aquele que possui força de vontade e está disposto a ousar, assumindo os riscos provocados por essas mudanças. Sair da sua zona de conforto e buscar novos conhecimentos através de cursos de aperfeiçoamento, por exemplo, é um excelente caminho para se percorrer e abrir novos horizontes. atitude   2- Tenha disponibilidade para o novo Sair da zona de conforto, inovar e utilizar da criatividade podem gerar resultados surpreendentes. As empresas atualmente buscam profissionais que sabem se adaptar aos diversos cenários e com ousadia e criatividade conseguem desempenhar suas atividades com qualidade. novo   3- Teça bons relacionamentos, respeitando as diferenças de cada indivíduo. Saber relacionar e ter boa comunicação é uma exigência do mercado. Um profissional diferenciado é aquele que consegue relacionar-se com todos os tipos de pessoas, respeitando a individualidade. Agir de forma cordial e humilde favorece a construção de um ambiente de trabalho saudável e de conhecimento compartilhado. relacionamento   4- Fuja das pessoas que não compartilham dos seus valores. Para se conquistar uma carreira de sucesso é importante manter-se motivado. Um passo importante para garantir a motivação é estabelecer metas relacionadas aos próprios valores. Relações com pessoas que compartilham valores diferentes contribuem para o distanciamento dos objetivos propostos. valores   5 - Controle preocupações e o stress. A inteligência emocional é um aliado indispensável para transformar problemas em ações. Desenvolver habilidades como resiliência e paciência são indispensáveis. preocupacoes-stress   Atitudes podem fazer a diferença para conquistar os resultados que você busca. Aplique essas dicas em seu dia a dia.

RECEBA CONTEÚDOS
EXCLUSIVOS

SIGA-NOS:

INEMP 2018 - Todos os direitos Reservados